29 de nov de 2011

Alan Moore é um hipócrita!


Já falei muito sobre esse assunto aqui, perdão, corro o risco de ser repetitivo. Mas não poderia deixar de comentar as últimas afirmações de Alan Moore. Pois bem, alguns dias atrás ele deu entrevista ao jornal britânico The Guardian e demonstrou apoio ao movimento de desocupados que protestam pelo mundo utilizando a máscara de V de Vingança, o tal de "ocupe", que foi enxovalhado por Frank Miller.

Sobre os protestos, Moore afirmou (tradução pinçada por ai):

"Acho que quando estava escrevendo V de Vingança, lá nas profundezas do meu eu, posso ter pensado: não seria ótimo se estas ideias tivessem algum impacto? Então quando você vê essa vã fantasia entrar no mundo real... É uma coisa peculiar. Parece que um personagem que criei há 30 anos deu um jeito de escapar da ficção."

"Aquele sorriso é tão assustador. Tentei usar a natureza enigmática desse sorriso para efeito dramático. Podíamos mostrar uma imagem do personagem apenas parado em pé, silencioso, com uma expressão que podia ser de alegria ou de maneira mais sinistra. Ver máscaras com os manifestantes faz com que eles se pareçam um único organismo, esse tal de 99% de que ouvimos tanto falar. Nesse sentido é formidável, posso ver o motivo de estarem usando a máscara"

"Ela transforma os protestos em performances. A máscara é dramática; cria uma sensação de aventura. Manifestações, marchas, são coisas que podem ser bem cansativas, exaustivas. Desanimadoras, até. Precisam acontecer, mas isso não quer dizer que são divertidas - e deveriam ser. (...) [Com as máscaras,] parece que esse pessoal está se divertindo. E a mensagem que passam com isso é muito forte."

Sobre a exploração comercial das máscaras pela Warner:

"É meio vergonhoso para uma corporação tirar lucro de protestos anti-corporativos. Não é uma coisa à qual eles gostariam de ser associados. Mas eles não são do tipo que negam dinheiro - vai contra o instinto deles. Vejo mais graça do que aborrecimento nisso."

E por fim

"No momento, os manifestantes parecem fazer um movimento com clareza moral, protestando contra o estado ridículo causado por nossos bancos, empresas e líderes políticos. Provavelmente, seria melhor se as autoridades aceitassem que esta é uma nova situação, que a história está sendo escrita. História é algo que acontece em ondas, geralmente é melhor seguir a corrente e não nadar contra elas. Espero que os líderes mundiais percebam isso".

"O último capítulo de V de Vingança se chama Vox Populi. A voz do povo. E acho que, se a máscara significa algo no contexto atual, é isso. É o povo, essa entidade misteriosa que com frequência é evocada"

Agora vamos tecer alguns comentários.

As máscaras de V de Vingança foram confeccionadas pela primeira vez pela Warner para promover O FILME. Este mesmo filme é odiado por Alan Moore, tanto que ele mandou retirar seu nome dos créditos e supostamente cedeu seus ganhos financeiros para o desenhista David Lloyd.

Essa máscara só se tornou popular graças a este filme e por isso é usada pelos manifestantes. Como Alan Moore pode elogiar tanto o uso das máscaras se elas são um produto do filme que ele tanto odeia? Se ele escreveu o livro querendo que tivesse um impacto, e este impacto só ocorreu graças ao filme, não deveria ele ser grato ao filme e a corporação capitalista que o produziu? Se existe essa performance de massas, ela se deve ao poder do cinema, do filme que ele se nega a aceitar!

Da mesma forma, ele diz de maneira hipócrita que seria vergonhoso uma corporação ganhar dinheiro com protestos anticorporativos, mas ele ganhou muito dinheiro com V de Vingança e continua ganhando, com a venda dos gibis. Os direitos da série pertencem a Warner para publicação e merchindising, mas ele recebe pelas vendas de gibis, que com certeza aumentaram com tanta gente usando as máscaras nesses protestos (ele teria ganho algo em torno de três milhões de dólares na época do lançamento do filme Watchmen, aqui). Ou seja, ele não é uma corporação, mas com certeza fatura uma grana com os protestos.

Ele chama o movimento de "voz do povo", será que não sabe que esses movimentos envolvem apenas algumas centenas de pessoas e são organizados por grupos políticos minoritários, essa é a "voz do povo" pra ele? Aquilo que lhe agrada! Já o vi inúmeras vezes vociferar que as pessoas estão mergulhadas em "pornografia e televisão"...

Enfim, Alan Moore é um hipócrita e com certeza ele não faz parte dos 99%, porque ele é um escritor milionário. E ele só chegou a isso graças ao seu talento, sim, mas em grande parte graças ao capitalismo que ele tanto critica e graças a Warner...

Alan Moore é um mago, um sujeito que busca a sabedoria, mas ele ainda não aprendeu o dito mais simples da sabedoria popular: "não cuspa no prato em que comeu"!



...

12 Comentários:

Rogério Olivieri (Raul) disse...

Brother, parei com o omelete cheio de colesterol politicamente correto! Aqui é um dos poucos blogs de hq onde encontro afinidade de pensamento. O resto todo canta a mesma musiquinha gramscista pós-moderna... Parabéns!

Bruno disse...

eu gostaria muitos que o autor de escrito tão fascista tivesse a honradez de mostrar a cara já que crítica tão ferozmente aqueles que criticam o establishment que tanto adora!!

VAI MOSTRA A CARA!!!

Rogério Olivieri (Raul) disse...

Mimimi... Gramci... mimimi... fascista...mimimi racista... Sempre as mesmas papagaiadas... Foram os conservadores (Churchill) que primeiro se levantaram contra os fascista e nazistas, ignóbil! Enquanto isso, os "socialistas" faziam um acordo com os nazis para não-agressão mútua, que no final acabou sendo esquecida pelos cabeça de osso nazi! Além do fato que os fascistas tem muito mais em comum com os socialistas do que com os conservadores defensores da liberdade individual! Leiam mais que quadrinho e perceberão...

Bruno disse...

Olivieri repetindo as mesmas papagaiadas liberais moralistas de sempre sem fazer nenhuma contextualização histórica do assunto que aborda ...

O "socialista" Stálin cuja prática de seu governo seguia moldes que deixaria Mussolini e Hitler orgulhosos fez o infame acordo de não-agressão com os nazis pq pensava estrategicamente em deixar os dois blocos do sistema capitalista daquele período, tanto o liberal representado pelos USA, Inglaterra e entre outros... Quanto o nazi-fascista representado pela Alemanha, Itália e etc... Se autodestruírem em sua busca bélica por mercado e ao término do confronto a união soviética se apropriaria das sobras do conflito mundial, ou seja, Stálin simplesmente pensou “deixemos os porcos capitalistas se matarem no final seremos os vitoriosos”, o que de fato acabou não acontecendo.
E quanto aos milhões que o socialismo matou, pergunto a vc caro Olivieri responda qtos milhões ou até bilhões o sistema capitalista matou desde o seu primeiro estágio qdo ainda era denominado mercantilista e causou provavelmente o maior genocídio da historia da humanidade no assim chamado processo de colonização? E faça-me um favor Olivieri ao invés de ler historias em quadrinhos para fazer analises históricas, leia um bom livro de história pode ser de qualquer linha histórica ou corrente política é melhor do que qualquer revista. Ah e por favor livro de história feito por historiador jornalista não vale!!!
PS: liberais conservadores tem muito mais em comum com os nazi-fascistas pq defendem o objetivo comum maior, a propriedade privada

Vinícius Salviam disse...

"eu gostaria muitos que o autor de escrito tão fascista tivesse a honradez de mostrar a cara já que crítica tão ferozmente aqueles que criticam o establishment que tanto adora!!

VAI MOSTRA A CARA!!!"


comunista pedindo honradez é engraçado.

"E quanto aos milhões que o socialismo matou, pergunto a vc caro Olivieri responda qtos milhões ou até bilhões o sistema capitalista matou desde o seu primeiro estágio qdo ainda era denominado mercantilista e causou provavelmente o maior genocídio da historia da humanidade no assim chamado processo de colonização?"

considerando que isso seja verdade, o que faria um lado ser melhor do que o outro, já que o senhor defende tanto o suposto inimigo do establishment?

Renato disse...

O termo símbolo, com origem no grego σύμβολον (sýmbolon)também significa aquilo que nos une.

Não vejo hipocrisia nas palavras de Alan Moore, simplesmente acho...que independente do quanto ele ganha com os lucros dos quadrinhos; sendo muito ou pouco...É O SUSTENTO MERECIDO DELE!
E mesmo com os quadrinhos ele não pode mudar o mundo sozinho!
Se ele critica o capitalismo, a Warner pelo grande lucro por trás do seu trabalho; seja na venda do filme ou das marcaras estilizadas de Guy Fawkes é pelo fato das pessoas não pensarem, que a ideologia do revolucionário Vendetta tornou-se apenas comercial...Uma grande trollagem do sistema!!!

Bruno disse...

"comunista pedindo honradez é engraçado"

Engraçado é um alienado defender um sistema político-econômico em que mais de 80% da riqueza produzida por todo o planeta é destinado a somente 4% da população desse planeta é só por isso que acho que têm coisas erradas no atual estágio em que se encontra o sistema capitalista na contemporanêadade

Artmann disse...

mauro, não entendi bem sua posição nessa matéria, especialmente qdo vc conclui "não cuspa no prato em que comeu"; é muito natural que Moore simpatize com o movimento "ocuppy wall street" e com todo e qualquer protesto contra o poder econômico exacerbado, afinal através da ficção ele sempre criticou, questionou (filosofou até) e de certa forma protestou; deixou claro enfim, não apenas na personagem V mas também em Swamp Thing e Miracleman, sua posição por uma sociedade mais humana. isso não significa que ele quisesse abrir mão de todo lucro que pudesse ter com a venda dos gibis; pelo contrário, sua grande briga com a DC foi por causa de direitos autorais e isso implicava "inclusive" nos lucros, mas TAMBÉM na linha ideológica, q a editora poderia corromper nos personagens q ele trabalhou (e foi o q a DC fez, só não fez pior pq quem ainda segurou as pontas das crias de Moore foi seu sucessor Gaiman, que mais tarde acabou obrigando a editora a adotar outra política com relação ao Copyright).
O movimento contra o poder econômico exagerado nos EUA é uma coisa bem legal, ocorre num país onde normalmente nós mesmos achávamos que o povo era alienado pelo consumo! A máscara de Guy Fawkes não entrou no protesto por causa do filme, mas por causa da mensagem q a personagem de Moore trouxe na HQ, q já era conhecida desde 1982(!), e conhecidíssima entre os leitores mais ou menos cultos desde 1988! além disso, a origem da máscara está numa personagem real do seculo XVI; se a venda da máscara é uma onda comercial, é outro assunto, mas a utilização dela nos protestos é legal. pela revista veja já é outro assunto :(
Mas e vc... tomou partido de Miller, que hoje abraça a causa do republicano ronald reagan q ele mesmo ridicularizou em sua única obra-prima naqueles distantes anos 80, e tenta ridicularizar o cara que assumiu a ideologia que expôs na maior parte de sua obra? Seus textos são legais, mas as conclusões de Alan Moore é um hipócrita, Frank Miller é o cara, Alan Moore vs Frank Miller e do outro sobre as máscaras são contraditórias. Frank miller foi grosseiro mas é um bom escritor, Alan é um hipócrita ingrato, e Hitler, Stalin e Che Guevara eram todos terroristas da mesma laia????

Rogério Olivieri (Roger) disse...

Bruno, eu leio sim, muito mais q quadrinhos desde meus 15 anos (tenho 35 e sou formado em Comunicação). já li Desde Gramsci até Max Weber, passando por Bastiat, Descartes, Spinoza entre outros. Socialistas, sejam fabianos ou bolcheviques, são coletivistas. Fascistas e Nazistas (nacional socialistas) também. Então como liberais-conservadores têm mais em comum com eles??? Me responda, por favor que essa nem quando eu era de esquerda tinha a resposta.

Bruno disse...

propriedade privada meu amigo!!
propriedade privada meu amigo!!!

Os nazistas jamais ameaçaram tomar a grande propriedade privada da Burguesia alemã que não por acaso apoiou o Nazi-fascismo meu caro.

Eduardo Santos disse...

Na minha opinião acho que ele não deve ser julgado por isso....Grandes artistas dos quadrinhos devem bastante aos seus trabalhos adaptados ao cinema,mas os odeiam mesmo assim....Um exemplo bastante comum é o próprio gênio Robert Crumb que teve uma de suas criações mais famosas,Fritz The Cat,adaptada para os cinemas e mesmo assim a odiou a ponto de matar o personagem logo em seguida.....Não sou psicologo nem nada mas tentando entender o que passa pela mente desses artistas cheguei a seguinte conclusão:Quadrinistas geralmente tem em sua personalidade um toque muito forte de narcisismo(tanto que muitos personagens criados são muitas vezes alter egos....Mas enfim...gostam muito de seu próprio ponto de vista(e quem não gosta??)a ponto de não aceitar muito bem que outras pessoas "rasurem" suas criações.Esse mesmo tipo de pensamento resulta em achar que todo crédito de sua fama é creditado a eles próprios.Mesmo a Warner tendo confeccionado a máscara em plástico ele já tinha feito isso a muito tempo com lápis.

Pseudônimo. disse...

Odeio esses defensores da família e da cristandade chatos pra caralho... odeio tbm abortistas

Postar um comentário

Deixe a sua opinião, sem ofensas, por favor.

  ©Caixa de Gibis - Todos os direitos reservados.

Sobe