10 de ago de 2012

Partido Nacional Nerd Revolucionário


Olá companheiro (a) que visita o blog!


Você está sem candidato para as próximas eleições? Pois saiba que já foi criado um partido com a sua cara! É o PNNR, Partido Nacional Nerd Revolucionário, um partido de esquerda que veio pra criar uma sociedade mais justa, com ênfase nos direitos dos nerds.

O Partido já lançou seu Programa de Governo e o Caixa de Gibis traz pra você com exclusividade. Tenho certeza que muitos dos leitores deste blog vão aprovar!

E não se esqueça, nas próximas eleições, vote 42!


Partido Nacional Nerd Revolucionário

Programa de Governo Revolucionário


-Criação de Cotas para nerds pobres, pretos e pardos em universidades.

-Descontos para nerds na compra de livros, gibis, games, blue ray, etc.

-Desapropriação e estatização de empresas de entretenimento que explorem a mão de obra nerd.

-Carteirinha passe livre do nerd.

-Criação da Bolsa nerd, para nerds com renda inferior a 1 (um) salário mínimo.

-Proposta de Lei PL42, que criminaliza a nerdfobia, com pena de 5 anos de cadeia na Zona Fantasma.

-Criação do estatuto do nerd, com todos os direitos da classe.

-Organização de sindicatos, ongs e associações nerds, com financiamento estatal.

-Transformar o "dia do orgulho nerd" no Dia Nacional da Luta Pelos Direitos Nerds. Com data transferida para 17 de julho, em homenagem a Quino, criador da Mafalda.

-Criminalização do preconceito contra she-nerds.

-Criminalização da representação negativa de nerds em toda e qualquer mídia.

-Criação de cotas para super-heróis gays, negros e pardos em todas as revistas.

-Proibir a publicação de gibis preconceituosos, racistas, machistas, homofóbicos, estadunidenses imperialistas ou que não apresentem a diversidade.

-Proibir a produção e publicação de gibis de super-heróis que não contenham pelo menos 47% de gays, negros, pardos e mulheres.

-Criar o concurso nacional de cosplay GLBTXPTZ

-Proibir a exploração sexista de imagens de cosplay em qualquer meio. Todos os sites que publicam fotos de cosplay deverão reservar cotas de 56% para cosplayers GLBTXPTZ.

-Incentivar a discussão de questões sociais nos gibis: o aborto, a homofobia, o preconceito, a descriminalização das drogas e os males do capitalismo internacional.

-Proibir a produção, comercialização e a distribuição de gibis com símbolos e doutrinas religiosas. Os quadrinhos devem seguir o Estado Laico.

-Obrigar a editora Panini a publicar 50% de material de super-heróis brasileiros. Sob pena de estatização da editora.

-Criar uma lei para obrigar as editoras a publicar pelo menos 50% de quadrinhos nacionais, desde que representem a diversidade.

-Em caso de desobediência ao sistema de cotas, será proposto a Presidanta Dilma Roussef que estatize todas as editoras de quadrinhos.

-Obrigar Maurício de Souza a contratar 101% de funcionários brasileiros, respeitando a diversidade, com cotas para gays, negros e pardos. Sob pena do estatização de sua editora.

-Proibir a publicação de gibis de faroeste, como Tex e congêneres, sendo que estes representam o imperialismo estadunidense.

-Proibir a publicação de gibis de Frank Miller, sendo que estes representam o fascismo, a islamofobia e a homofobia. Além do imperialismo estadunidense.

-Proibir a exibição do filme "300 de Esparta", sendo que este é homofóbico e não possui embasamento histórico.

- Com o objetivo de combater o imperialismo capitalista estadunidense: Proibir as editoras de quadrinhos de traduzir o nome "Captain America" como "Capitão América" e legalizar o nome ideologicamente correto "Capitão Estadunidense". Proibir a citação do epíteto "Sentinela da Liberdade" e substituí-lo pelo seu correspondente ideologicamente correto "Sentinela do Imperialismo".

- Com o objetivo de combater o imperialismo capitalista estadunidense: Obrigar as editoras de quadrinhos a recolorir o uniforme do personagem "Superman". De pink e azul, deve passar para vermelho e preto. E seu nome deve ser retraduzido para "Super-Homem", evitando estrangeirismos.

-Construir uma estátua de Alan Moore em Brasília.

-Eleger Allan Scott pós-reboot o patrono dos nerds brasileiros.

-Criar políticas de financiamento estatal para artistas brasileiros, com empréstimos sem juros. Desde que os gibis produzidos representem a diversidade, ou contenham a história de heróis brasileiros, como Lamarca, Luís Carlos Prestes, Zumbi, Luis Ignácio Lula da Silva e os Heróis que enfrentaram a ditadura com armas.

-Criar uma blogosfera nerd combativa, que rejeite influências estadunidenses imperialistas, com o apoio da Lei 42 e financiamento estatal.

-Combater o preconceito nas redes sociais e blogs nerds.

-Propor um plebiscito nacional para discutir a substituição do termo "nerd", pelo termo "néscio", sendo que o primeiro representa a influência negativa do imperialismo estadunidense e o segundo é um termo nacional e é expressão da cultura dos brasileiros.

-Criminalizar o blog Caixa de Gibis e todos os seus leitores, segundo a Lei 42.


...

5 Comentários:

eduardo disse...

E dizem que o lema deles é: ''mentiremos em nome da verdade, discriminaremos em nome da igualdade!''



Rafazord Malakias disse...

Hahaha muito bom.

Frank J Costa disse...

Cara!
Antes tarde do que nunca! Achei teu blog e gostei muito do que li aqui! Tambem (teclado sem acentos funcionando) te "amiguei" no facebook...

Olha, sei que eh um texto de humor, mas nao posso deixar de fazer uma observacao? Nao quero que "nerd" seja substituido por "nescio", e nao eh por algum apego aos nossos 'primos' estatudinenses, e sim porque o sentido de nescio nao considero aplicavel, veja:

Néscio
adj. Ignorante, ignaro, estúpido.

Sinônimos de Néscio
Sinônimo de néscio: burro, estulto, estúpido, idiota, ignorante, imbecil, inepto, lerdaço, palerma, parvo, pateta e tolo

in: http://www.dicio.com.br

OU SEJA: nao da!!!

Diogo de Góes Zanetti disse...

Seu humor me deu câncer

Francisco Melo junior disse...

Veja o partido pirata, talvez vc se interesse

Postar um comentário

Deixe a sua opinião, sem ofensas, por favor.

  ©Caixa de Gibis - Todos os direitos reservados.

Sobe